LUTO - Perdi meu irmão / HOMENAGEM

domingo, agosto 13, 2017

Hoje a introdução do texto tem que ser diferente, pois o assunto é bem fora do normal, e muito triste. Não imagino da onde irei tirar forças pra escrever esse texto, mais como tudo compartilho com vocês resolvi dividir esse momento tão difícil que estou vivendo. 

Sinceramente nunca me imaginei passando por um momento assim, e nem compartilhando isso com vocês, pois como todo ser humano passamos por momento dificeis, por problemas, mais sempre evitei compartilhar isso com vocês, mais essa situação é inevitável, pois foi uma perda muito grande, e eu também do meu jeitinho não poderia deixar de vim fazer uma homenagem a ele aqui no meu cantinho favorito que é meu blog.

Dia 05 de agosto de 2017 foi o pior dia da minha vida, o dia que recebi a noticia que meu único irmão havia sofrido um acidente de carro, na br próximo a nossa casa. Eu como irmã mais velha com um extinto materno bem grande fui correndo para o local do acidente sem pensar duas vezes, nem ao menos que eu estava grávida. Acabei vendo cenas muito fortes, mais aguentei firme até o final, fomos para o hospital e aquela espera eterna acabava comigo a cada segundo. E enfim chegou a notícia que ninguém queria receber, meu irmão havia chegado a óbito. Eu não acreditei quando ouvi o médico me falando, fiquei em estado de chock. e até o enterro foram dias que pareciam meses, que jamais acabaria aquela tortura. 

Mais eu tenho fé num Deus que jamais nos abandona, e eu tenho a certeza que meu irmão se encontra do lado dele nesse momento, pois era um menino grande, tinha apenas 19 anos, mais com um coração muito puro, tinha muitos amigos e nenhuma inimizade, posso dizer com toda certeza que era muito querido, pois recebeu homenagens lindas, no dia do seu enterro. Eu acredito que toda força que estou tendo nesse exato momento, pra tá de pé, pra tá dando força pros meus pais, pois só restou eu, é Deus quem está me dando, pois quem já perdeu uma pessoa querida, e ainda mais assim bem próxima da gente sabe que a dor é muito grande. Então eu busco força no que tenho fé, sei que religião é um tabu em meia a sociedade, e eu quase não abordo esse assunto por aqui, mais jamais deixei de mencionar minha fé em Deus. Então independente da religião que você segue peço que respeitem minha fé e minha dor nesse momento, só pra não haver comentários ofensivos a esse assunto pois o momento é de muita dor, e se você me segue aqui no blog, tenho certeza que é por que gosta de mim e do meu trabalho. Preciso de todo apoio que vocês poderem me dá nesse momento.

HOMENAGEM

Paulo Sérgio de Souza Sodré, Carioca, 19 anos, menino alegre, sonhador, que sempre quis ser jogador de futebol, na verdade o sonho dele sempre foi ser GOLEIRO, sempre treinou por aqui  na nossa cidade natal que é são gonçalo mais infelizmente, por ser um lugar bastante humilde nunca teve a oportunidade que precisava pra poder realizar seu sonho, nossos pais não tem condições financeiras boas pra arcar com custos pra peneira que sabemos que não é barato, mais o que puderam fazer, fizeram pra que ele lutasse por esse sonho dele.



Esse menino grande também amava outra coisa que fazia nos seus tempos vagos, mais fazia muito bem, e de coração, pois sempre lembro muito bem quando chegava todo bobo pra mim e falava quantos estrumentos havia aprendido a tocar, na banda da Escola, que era um de seus grandes amores, aonde ele construiu grandes amizades.


E um sonho que todos nós achavamos que ele havia realizado sedo demais, hoje faz todo sentido, que era ser pai, esse menino sorridente, lindo e alegre, deixou pra gente uma herança linda de 2 anos e 2 meses, que é seu filho Pierre. Deus sabe tudo que faz, e por saber que o tempo dele era curto aqui nessa terra lhe deu a honra de ser pai de um menino lindo com quem ele conviveu e aprendeu muito nesses 2 anos. Sei que foi um fruto de um grande amor dele com sua primeira e ultima namorada. Mais como disse anteriormente Deus sempre sabe o que faz, e esse foi o melhor presente que ele poderia ter nos deixado.














Podemos dizer que ele viveu tudo que tinha pra viver, sempre foi um menino muito intenso, que quando queria fazer algo fazia, quando queria alguma coisa conseguia, sempre se espantamos com esse jeito dele de sempre querer as coisas pra ontem, mais hoje sabemos o por que de tanta pressa. Nessas indas e vindas dele por ai, encontrou várias amizades, e tenho certeza que todas elas irão levar ele no coração, pois ele era um menino muito bom, impossível de se esquecer.


























E além de muitos amigos, também tinha uma família que o amava, e o amará eternamente de todo o coração, pois nosso pretinho como era chamado, nosso eterno Paulinho, morreu para o mundo mais viveu para Cristo, e estará sempre vivo em nossos corações, e em futuro bem próximo tenho fé que o encontrarei em um lugar melhor.

















E sorriso eterno que todos vão sempre lembrar 






Paulo Sérgio de Souza Sodré
De 11/02/1998 á 05/08/2017

Você vai gostar também

0 Comentários